Connect with us

Notícias

Green Day: Billie Joe dispara “América não pode aguentar mais 4 anos de Trump”

Published

on

Green Day Billie Joe Trump

O vocalista e líder do Green Day, Billie Joe criticou Donald Trump em seu Instagram, conforme noticiou a Kerrang!.

O post, que além de um longo texto, contou com um trecho de “American Idiot” de 2004.

“É 1º de setembro de 2020 e eu estou bem acordado”, começou Billie Joe em referência a “Wake Me Up When September Ends”, outro single do álbum American Idiot.

“Esse é o ano mais sem precedentes da história de nossas vidas”, continuou ele citando uma lista de elementos que tencionaram os Estados Unidos neste 2020. “Uma pandemia. Um levante racial”, e imediatamente, declarou apoio ao candidato Joe Biden, do partido Democrata e adversário de Trump nas eleições.

“Trump precisa ir. Os Estados Unidos não podem pagar mais 4 anos de Trump no cargo”, e assim ele continuou: “Nossa democracia está em jogo. Nossa Terra está em jogo” e em seguida afirmou que a América precisa de “Saúde para todos, justiça, paz e uma reforma policial”.

Essa, no entanto, não foi a primeira vez que o líder do Green Day criticou Trump, chegando a mudar a letra da música “American Idiot” em 2019. A letra original traz o trecho “I’m not the part of a redneck agenda” (Eu não faço parte da agenda redneck) para “I’m not part of MAGA agenda”, em referência ao slogan “Make America Great Again” (Fazer a América grande novamente).

View this post on Instagram

It’s September 1st 2020 and I am WIDE AWAKE IN AMERICA. This has been the most unprecedented year of our lives. A pandemic. Racial uprising. As the song goes “wake me up when September ends”. I plead to everyone to WAKE UP AND REGISTER TO VOTE. I am whole heartedly backing JOE BIDEN FOR PRESIDENT. KAMALA HARRIS FOR VICE PRESIDENT.. I have not a single reservation in my mind. All of my enthusiasm is for BIDEN/HARRIS! TRUMP HAS GOT TO GO. America cannot afford another 4 years of Trump in office. Our democracy is at stake. Our earth is at stake. We need health care for all. We need justice. We need peace. We need police reform. If you are 18 and over PLEASE register to vote!! This is urgent. This is a national emergency. We must be WIDE AWAKE FROM SEPTEMBER TO NOVEMBER 3rd!!! This is a call to arms for the soul of America! Our lives depend on this election!! Grab a group of friends and register! Grab a group of friends and vote! Tell EVERYONE! #notrumpnokkknofascistusa https://www.headcount.org/ These are the crucial states that could decide our democracy!! Register by the dates below in your state. DO IT NOW!! DO NOT WAIT!! AZ- October 5th FL- October 5th GA- October 5th MI- October 19th (can register to vote in person on election day) OH- October 5th PA- October 19th TX- October 5th WI- October 14th (can register to vote in person on election day)

A post shared by Billie Joe Armstrong (@billiejoearmstrong) on

Apelo por mais eleitores

No post ainda, Billie Joe colocou o site Headcount, que visa aumentar o número de eleitores. O voto nos Estados Unidos não é obrigatório como no Brasil e em suma os cidadãos precisam de um registro para serem habilitados como eleitores.

A banda Evanescence, conforme noticiamos aqui, também é apoiadora do movimento e lançou um videoclipe para a canção “Usa My Voice” tratando do tema.

Atividades recentes

O Green Day lançou em fevereiro deste 2020 o álbum “Father of All…”. Além disso, em abril, o líder do Green Day lançou um cover da canção clássica “That Thing You Do!”, originalmente gravada por The Wonders.

Billie Joe também gravou uma canção chamada “I Think We’re Alone Now” ao lado de seus dois filhos.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias

Guns N’ Roses: Trump “November Rain é o maior clipe de todos os tempos”

Published

on

Donald Trump Guns n Roses

Ao que parece, Donald Trump é um grande fã de Guns N’ Roses, conforme informa o Loudwire.

A informação surgiu no livro chamado “Speaking for Myself: Faith, Freedom and the Fight of Our Lives Inside the Trump White House” de Sarah Huckabee Sanders, ex-Secretária de Imprensa da Casa Branca.

Segundo ela, Trump queria tanto que November Rain fosse tocada em seus comícios que posteriormente fez a equipe da Casa Branca assistir ao videoclipe no Salão Oval.

“Ele nos disse que era o melhor videoclipe de todos os tempos” afirmou ela. E logo depois continuou: “Ele nos fez assistir ao vídeo para provar seu ponto, ainda que nenhum de nós tenha discordado”.

Concordando ou não com Donald Trump, é um fato que a peça é muito bem trabalhada, para quem não viu, segue o link a seguir.

Continue Reading

Notícias

Megadeth: David Ellefson “Devemos tudo ao Metallica”

Published

on

David Ellefson Metallica

David Ellefson, baixista do Megadeth, concedeu uma entrevista para a Rádio WRIF de Detroit e afirmou com todas as palavras “Nós devemos tudo ao Metallica”.

Ao ser perguntado se ele e Dave Mustaine (Ex-Metallica) prestavam atenção no que o Metallica fazia nos primeiros anos das bandas, dessa forma Ellefson respondeu: “Oh, claro. Quero dizer, nós somos todos ramificações do Metallica. Vamos deixar isso claro. Em especial o Megadeth, com o Dave estando lá e eu, então, sendo uma ramificação do Dave no Megadeth. Nós devemos tudo ao Metallica”.

Ellefson segue e diz ainda mais: “Esses caras abriram portas para cada um de nós – Anthrax, Slayer – e bandas mais novas – Lamb Of God, Pantera. Nada disso teria acontecido se o Metallica não fosse um gorila de 400kg abrindo caminho pela selva que nunca deixaria o heavy metal passar.

David ainda brincou: “É como o Scott Ian (Anthrax) disse, nós somos todos irmãos, eé como se um desses irmãos saísse de casa e virasse a Microsoft (risos). Esse é o Metallica”.

Ao fim do assunto, ainda, Ellefson comentou sobre o “Big Four”: “Eles mudaram o mundo. E o fato de terem retornado até nós e nos ofereceram a turnê do ‘Big Four’ foi algo como ‘Estamos todos juntos nessa, vamos todos celebrar o que fizemos juntos em todos esses anos’. Isso só prova o qual legal é o Metallica”.

Continue Reading

Notícias

Angra: Aquiles Priester revela em vídeo o motivo de ter saído do Angra

Published

on

Aquiles Priester Angra

Pela primeira vez, o baterista Aquiles Priester comentou seus motivos para sair do Angra ainda em 2008.

A conversa aconteceu durante uma live beneficente no YouTube após uma doação de R$ 500,00.

Aquiles disse ter sido chamado “para uma reunião do Angra”. Ele reafirma que ainda pretende abordar o assunto em seu documentário, com mais detalhes.

“Eu vou falar exatamente o que aconteceu naquele dia. Me chamaram pra uma reunião do Angra no Franz Café na rua da Agência Produtora e me falaram que a gente ia sair da Rock Brigade pra trabalhar com essa empresa” começou Aquiles.

O baterista reforçou que pretende abordar o assunto com mais detalhes em seu documentário, e logo depois continuou: “O Kiko [Loureiro] falou assim ‘então Aquiles a gente tá pensando em fazer um acústico’, e eu falei ‘porra, legal’.”

Segundo ele, Kiko teria então listado problemas de montagem de palco devido as estruturas de bateria bem como teria reclamado da reação dos fãs em relação a Aquiles. Kiko Loureiro em seguida teria sugerido uma votação para decidir se Aquiles ficaria na banda ou não.

Ainda na live, Aquiles revelou que apenas o vocalista Edu Falaschi votou pela sua permanência.

A revelação começa aos 1:25:05. Uma transcrição completa pode ser conferida no Whiplash.

Não é a primeira vez que surgem farpas na relação entre Aquiles Priester e os músicos do Angra, e constantes reclamações vieram à tona em períodos passados.

Bateristas do Angra

Com a saída de Aquiles, em 2008, Ricardo Confessori retornou à banda (Ricardo também antecedeu Aquiles) e comandou as baquetas até 2014. Desde então é Bruno Valverde quem assumiu o posto, gravando os discos Secret Garden em 2014 e OMNI em 2018.

 

Continue Reading

Trending

Portal Estrada do Rock